Simpósio sobre novas substâncias psicoativas: aspectos regulatórios e forenses

Simpósio sobre novas substâncias psicoativas: aspectos regulatórios e forenses

22 de maio de 2017

Carga horária: 8 horas
Gratuito para participantes inscritos na InterFORENSICS

Programação

8:30-9:00Credenciamento

9:00-9:15Abertura

9:15-10:00Angeline Yap, Health Sciences Authority (HSA) de Singapura

10:00-10:50Denis Arsenault, Health Canada

10:50-11:20Coffe Break

11:25-12:00Renata de Morais Souza, Agência Nacional de Vigilância Sanitária

12:00-12:30Debate

12:30-14:00Almoço

14:00-14:15Justice Tettey, Escritório das Nações Unidas Sobre Drogas e Crime (UNODC) – vídeo

14:20-15:05Hernando Bernal, Escritório das Nações Unidas Sobre Drogas e Crime (UNODC)

15:10-15:55Rachel Christie, European Monitoring Centre for Drugs and Drug Addiction (EMCDDA)

16:00-16:30Coffee Break

16:30-17:00Mônica Paulo, Perita Criminal Federal, Polícia Federal

17:00-18:00Debate

18:00Encerramento


Discussão entre especialistas e pesquisadores de diferentes países e organismos internacionais, tendo como base os aspectos regulatórios e forenses, para o aperfeiçoamento do combate ao aparecimento das Novas Substâncias Psicoativas (NSP).

O simpósio será coordenado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com o apoio da Academia Brasileira de Ciências Forenses (ABCF). Entre os temas debatidos, estarão os desafios da identificação química de drogas, considerando o rápido aparecimento de NPS em todo o mundo; as condições técnicas dos laboratórios, os padrões de referência, as boas práticas destinadas a enfrentar o problema e as respostas legais e questões relacionadas à classificação das NSP.

O evento pretende fomentar o intercâmbio entre os participantes, com a exposição de abordagens legislativas e regulatórias de outros países para enfrentar o problema das NPS, inclusive questões relacionadas à forma de classificação de substâncias (sistemas de classificação genérico, análogo, nominal e outros). Outro intuito do simpósio será promover a troca de informações sobre as questões técnicas e forenses, como os desafios da identificação química de drogas considerando o rápido aparecimento de NPS em todo o mundo, as condições técnicas dos laboratórios, o acesso a padrões de referência, as boas práticas destinadas a enfrentar o problema.

Entre os palestrantes já confirmados, estão:

  • Angeline Yap, subdiretora do Grupo de Ciências Forenses e diretora da Divisão de Drogas Ilícitas do Health Sciences Authority de Singapura e membro do Comitê Central do Grupo de Trabalho Científico para Análise de Drogas Apreendidas (SWGDRUG)
  • Denis Arsenault, Diretor de Assuntos Legislativos e Regulatórios do Health Canada
  • Rachel Christie, Analista Científica do European Monitoring Centre for Drugs and Drug Addiction (EMCDDA)
  • Herrnando Bernal, Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC)
  • Renata de Morais Souza, Gerente de Produtos Controlados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e
  • Mônica Paulo, Perita Criminal Federal da Polícia Federal.

As vagas são limitadas e as inscrições serão confirmadas posteriormente, de acordo com o número de inscritos, com prioridade aos inscritos na trilha de Química.

Foreign interested parties should send an E-mail to med.controlados@anvisa.gov.br containing information such as name, the organization they represent, position, E-mail, telephone, city and country, up to April 30th, 2017.

 

Anvisa